AMIGO

Venha amigo querido,

em meu coração

faça morada,

aqui de fato...

nada se paga!

 

Amigo

 a gente acolhe;

- no frio

empresta o cobertor;

 

- No verão,

o copo d'água

fresquinha

com muito afeto.

 

- Na dor,

o ombro amigo

 os ouvidos a ouvir...

 

Amigo

é aquele que chega

de manso,

vem sorrateiro,

e brejeiro

vai ficando

bem no fundo

do coração!

 

Amigo

é aquele

de quem a falta sentimos

se notícias não nos chegam;

 

Amigo

a gente sente,

com todos os sentidos!

 

Cleidiner Ventura/Anjo

24.03.2004