MEU PAI

Há dez anos,

por essas calçadas

eu passo

caminhando com vagar.

 

No peito

o

aperto

da

perda,

 

no pulso

o

descompasso

de meu coração

só!

 

Em busca de sua

paz,

caminho e entrego,

nas mãos de São Francisco,

seu conforto,

sua

luz!

Cleidiner Ventura  (ANJO) 24.05.95